Educação Infantil

Educação Infantil
Como primeira etapa da Educação Básica, a Educação Infantil é o início e o fundamento do processo educacional. Em nosso Colégio, essa etapa divide-se em Ninho (1 a 3 anos) e Infantil (4 e 5 anos), e vem consolidando, ano após ano, a concepção que vincula educar e cuidar, entendendo o cuidado como algo indissociável do processo educativo. Nesse contexto, ao acolher as vivências e os conhecimentos construídos pelas crianças no ambiente da família e no contexto de sua comunidade, e articulá-los em suas propostas pedagógicas, temos o objetivo de ampliar o universo de experiências, conhecimentos e habilidades dessas crianças, diversificando e consolidando novas aprendizagens, atuando de maneira complementar à educação familiar. Desse modo, conhecemos e trabalhamos com as culturas plurais, dialogando com a riqueza/diversidade cultural das famílias e da comunidade.

Temos como eixos estruturantes das práticas pedagógicas as interações e asbrincadeiras, experiências nas quais as crianças podem construir e apropriar-se de conhecimentos por meio de suas ações e interações com seus pares e com os adultos, o que possibilita aprendizagens, desenvolvimento e socialização.

Nossa Educação Infantil tem como finalidade proporcionar oportunidades de desenvolvimento da identidade, da autonomia, de diferentes competências de cada criança por meio da organização de um ambiente educativo que privilegia as experiências que promovem as aprendizagens, a saber:
• Consolidar a identidade: viver todas as dimensões do próprio eu, estar bem, estar segura no seu próprio fazer e sentir, conhecer-se e ser reconhecida como uma pessoa única.
• Desenvolver a autonomia: ter confiança em si e nos outros. Provar satisfação no fazer sozinha e no pedir ajuda, quando não sabe. Expressar sentimentos e emoções, tomar decisões e assumir as suas consequências.
• Desenvolver competências:jogar, mover-se, manipular, ter curiosidade, fazer perguntas, refletir sobre a própria experiência, observar propriedades, quantidades, características, fatos, escutar e compreender narrações e discursos, recontar fatos vividos, reproduzir papéis no jogo do faz-de-conta, etc.
• Viver as primeiras experiências de cidadania:descobrir o outro e a si mesma. Ter consciência da necessidade das regras de convivência. Exercitar o diálogo, que é fundamentado na reciprocidade da escuta. Prestar atenção no ponto de vista dos outros e na diversidade deles.

Reconhecer os seus direitos e deveres e entender que são iguais para todos. Respeitar o outro, o ambiente e a natureza.

São seis os direitos de aprendizagem e desenvolvimento que asseguram, na Educação Infantil, as condições para que as crianças aprendam em situações nas quais possam desempenhar um papel ativo em ambientes que as convidem a vivenciar desafios e a sentirem-se provocadas a resolvê-los, nas quais possam construir significados sobre si, os outros e o mundo social e natural: conviver, brincar, participar, explorar, expressar e conhecer-se.

Essa concepção de criança como ser que observa, questiona, levanta hipóteses, conclui, faz julgamentos e assimila valores e que constrói conhecimentos e se apropria do conhecimento sistematizado por meio da ação e nas interações com o mundo físico e social não deve resultar no confinamento dessas aprendizagens a um processo de desenvolvimento natural ou espontâneo. Ao contrário, impõe a necessidade de imprimir intencionalidade educativa às práticas pedagógicas na Educação Infantil.